"Técnico do Brasil causa polêmica com um possível uso de drogas no time argentino?"

Técnico do Brasil causa polêmica com um possível uso de drogas no time argentino?

O ex-capitão da Seleção Brasileira e atual técnico Dunga, falou a imprensa que seu comportamento foi referente a poluição de Pequim, porém a tradutora deixou a conversa ainda mais extrema.

Dunga nega gesto de cocaina.
Segundo entrevista, Dunga não estava fazendo gesto referente a cocaína e sim sobre a poluição de Pequim (Foto: Twitter).

Marcado pelas discussões desde que assumiu a Seleção Brasileira, o técnico Dunga não deixa as brigas com a imprensa de lado. Dunga que reavaliou sua postura frente à imprensa e que teoricamente iria manter uma comportamento mais amigável com os jornalistas foi por água abaixo em entrevista em Cingapura.

Nessa segunda-feira (13), em Cingapura, cidade que a Seleção Brasileira jogará ate o Japão, aconteceu a primeira briga entre o técnico e o repórter da Rede Globo Tino Marcos e o narrador já conhecido por todos brasileiros, Galvão Bueno.

Tudo pela polemica insinuação que o ex-campeão da Seleção Brasileira fez contra um membro da comissão técnica da Argentina.

O técnico foi flagrado passando a mão pelo o nariz seguido do grito “Tu é igualzinho, né?”, referindo ao massagista D’Andrea. Talvez uma possível insinuação sobre o uso de drogas do jogador ídolo argentino Diego Maradona.

Ao ser questionado pelo repórter, Dunga falou que estava com o nariz irritado pela poluição da cidade de Pequim (os índices de poluição são altíssimos e perigosos).

Porem com a sala de imprensa cheia de jornalistas, a tradutora estava um pouco confusa e se atrapalhou um pouco na tradução e disse que a pergunta era uma acusação de Dunga contra os jogadores da Argentina.

Agora já imagina o que poderia ter acontecido depois? Galvão Bueno queria uma explicação da parte do técnico e aparentemente Dunga já irritado com a situação respondeu a Tino Marcos: “Eu nunca me referi aos jogadores, foi você que falou se os jogadores usam drogas”.