"Ebola na Espanha já apresenta sua primeira vitima"

Ebola na Espanha já apresenta sua primeira vitima

Mulher Espanhola contaminada pelo vírus da ebola já apresenta que o vírus se espalhou para a Europa, a enfermeira que tratou o padre com o vírus em Madri apresenta teste positivo.

Ministerio de Defensa de la llegada a Madrid del religioso y médico espanhol Manuel García
O primeiro caso de ebola em Espanha, a enfermeira que cuidava do padre e médico Manuel García Viejo na foto apresenta positivo para o vírus do ebola (Foto: Ministério de Defesa).

Enfermeira que estava tratando padre que contraiu o vírus da ebola na Libéria é a primeira pessoa a contrair a doença fora da África Ocidental. A mulher que cuidava do padre que morreu no ultimo dia (25), testou positivo para a doença, anunciou a ministra de Saúde da Espanha, Ana Mato.

Segundo a ministra o protocolo entra em vigor imediatamente para garantir a segurança dos cidadãos espanhóis.

A enfermeira que também participa da iniciativa do governo local e diz que estão trabalhando para detectar como foi que contraiu a doença.

Segundo a mídia local, a profissional esta sendo tratada ainda nesta tarde e investigar com quem a enfermeira teve contato. Aproximadamente trinta profissionais da área de saúde estão sendo monitorados.

De acordo com a ministra a mulher retirou férias no dia seguinte em que o padre Manuel Garcia Viejo morreu de ebola em Madri, 25 de setembro e começou a se sentir mal dia 30. A ministra em pronunciamento sobre o caso afirma que a mulher esta em condição “estável”.

O numero atual de infectados pelo vírus do ebola na África Ocidental segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS),  subiu para 7,492 pessoas e das quais 3,439 morreram.