"Africano suspeito de ter ebola chega ao Rio de Janeiro"

Africano suspeito de ter ebola chega ao Rio de Janeiro

Homem chegou em avião da FAB e será levado para o Fiocruz no Rio de Janeiro. Missionário de 47 anos vindo da Guiné é o primeiro caso do vírus da ebola no Brasil.

Paciente com suspeita de ebola chega ao Brasil
O missionário de 47 anos chega ao Rio de Janeiro para confirmação do primeiro caso de ebola do Brasil (Foto: Twitter).

O africano de 47 anos vindo da guiné, na África foi transferido da cidade de Cascavel (Paraná) por volta das cinco da manhã de hoje para o Instituto Nacional de Infectologia  Evandro Chagas, no Rio de Janeiro.

Acompanhado de médico e enfermeira de Cascavel, acompanharam o paciente que desembarcou em ambulância e se dirigiram a aeronave da FAB, que os esperavam no aeroporto da cidade.

O homem que estava internado em uma Unidade de Pronto Atendimento estava em quadro de febre alta porém sem hemorragia ou vômitos. Este quadro que poderia ser confundido com episódios de dengue hemorrágica.

O paciente de 47 anos, chegou em avião da Força Aérea Brasileira e foi levado para o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que é referencia em doenças infecciosas.

Souleymane Bah está recebendo os atendimentos básicos, com a medicação de temperatura e pressão também esta em estado de isolamento.

Segundo o infectologista Celso Ramos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, apesar da doença ainda não ter sido confirmada, o paciente deve ficar em isolamento porque o ebola se dá principalmente por contato pessoal.

O ebola que apenas é transmitido pelo contato com sangue, tecidos corporais e é somente transmitido quando surgem os sintomas.

Já nessa sexta-feira, o ministério da saúde com o ministro Arthur Chioro, que coordena a ação, e o secretario de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa falarão em entrevista sobre o caso.