"64 pessoas tiveram contato com homem suspeito de ebola no Brasil"

64 pessoas tiveram contato com homem suspeito de ebola no Brasil

Em menos de 24 horas será confirmado se paciente suspeito de ter sido contaminado pelo vírus de ebola. Homem também poderia ter tido contato com mais de 64 pessoas

nato com mais de 64 pessoas
Mais de 64 pessoas tiveram contato com homem suspeito de ebola no Brasil, caso que esta sendo tratado para confirmação nohospital Fiocruz (Foto: Facebook).

Mais de sessenta e quatro (64) pessoas tiveram contato com o paciente suspeito de ter contaminado com o vírus mortal do ebola. Soulaymane Bah, 47 anos é oriundo da Guiné estava na cidade paranaense de Cascavel onde foi transferido na manha dessa sexta-feira (10) de outubro. Em entrevista coletiva o ministro da Saúde, Arthur Chioro falou sobre o caso:

“Esse é o primeiro caso de suspeita de ebola do nosso país. Quero destacar que a situação esta sob controle. Todos os procedimentos indicados no protocolo já foram tomados e aplicados com muito êxito”, disse Chioro.

Mais de 64 pessoas delas, 60 tiveram contato com  o paciente no local de atendimento médico. Desses apenas tres tiveram contato direto com o africano. Outros quatro são um casal que morava com Bah em Cascavel, Brasil.

Todas as pessoas que estiveram em contato com o paciente estão sendo monitoradas a partir de agora até os próximos 21 dias do período de incubação do vírus mortal.  As pessoas que moravam com o paciente estarão sendo monitoradas com medidas de temperatura uma vez ao dia, assim como os outros cinquenta e sete profissionais da saúde que estiveram com o paciente.

Através de exame de sangue confirmara a infecção pelo vírus do ebola que já foi colhido no hospital Fiocruz e esta sendo encaminhado para laboratório Evandro Chagas, no Pará.

Os resultados devem sair em até 24 horas, mas mesmo sendo positivo terá que ser confirmado em 48 horas.