"Ronaldinho Gaúcho vítima de racismo no México"

Ronaldinho Gaúcho vítima de racismo no México

O ex-jogador do Atlético Mineiro é chamado de “macaco” por politico mexicano e pede em entrevista pelo fim do racismo e fala “Espero que em breve tudo isso acabe”.

Ronaldinho vitima de racismo
Ronaldinho que sofre com o racismo no México e agora jogador do Querétaro. O craque que foi chamado de Macaco por político mexicano quer um basta. (Foto: Twitter).

O ex jogador do Atlético Mineiro, Ronaldinho Gaúcho que agora joga no Querétaro do México, sofre com racismo em entrevista concedida nessa terça-feira.

O meia que foi escolhido para participara de entrevista coletiva volta a comentar o caso de racismo sofrido pelo politico Carlos Trevino que chamou o jogador de “macaco” em rede social.

“Basta. Estamos todos cansados disso. É um assunto que fere, que vai além da cor da pele ou da nacionalidade. Espero que em breve tudo isso acabe”, relata Ronaldinho.

O jogador que esta no clube mexicano aproximadamente há um mês, fala que veio para a América Central porque se encanta com o estilo de jogo.

“Eu vim para cá porque o México tem um futebol que me encanta. O mexicano ama o futebol como o brasileiro. O que eu quero é ver o estádio cheio. Eu vim para fazer o meu trabalho. O Querétaro e todos aqui me receberam muito bem”, completa o craque.

Ainda em fase de adaptação, Ronaldinho Gaúcho, promete que trará muitas alegrias para o time mexicano e que  “O objetivo é ficar entre os oito primeiros (do Campeonato Mexicano). Pouco a pouco, vou me adaptando. Estamos jogando bem, mas está nos faltando sorte com o resultados”.

Ronaldinho que já disputou mais de cinco jogos para o clube que é da primeira divisão mexicana, ocupando a oitava colocação no Campeonato Mexicano.