"Brasil encerra o Sul-Americano de Natação com mais cinco medalhas"

Brasil encerra o Sul-Americano de Natação com mais cinco medalhas

A equipe do Brasil de natação encerrou a sua participação no Sul-Americano da modalidade, disputado em Assunção, no Paraguai, com mais cinco medalhas neste domingo. No último dia de competições, os brasileiros conquistaram cinco medalhas – uma de ouro , três de prata e uma de bronze. O Brasil iniciou bem o dia, com dobradinha […]

A equipe do Brasil de natação encerrou a sua participação no Sul-Americano da modalidade, disputado em Assunção, no Paraguai, com mais cinco medalhas neste domingo. No último dia de competições, os brasileiros conquistaram cinco medalhas – uma de ouro , três de prata e uma de bronze.

O Brasil iniciou bem o dia, com dobradinha nos 100 metros borboleta: Daynara de Paula com ouro e Daiene Dias com a prata . Ambas buscarão o índice olímpico no Troféu Maria Lenk, segunda e última seletiva brasileira, que vai ocorrer no Rio. Precisam nadar abaixo de 58s74.

Nas provas seguintes, o Brasil foi mal. Leonardo de Deus, que fez péssimo Sul-Americano, concluiu só em sétimo nos 100 metros borboleta, com 54s31. Nos 200 metros peito, Henrique Barbosa ficou em terceiro com 2min16s87, enquanto que na prova feminina ninguém foi ao pódio.

Em ótima fase, Etiene Medeiros abriu o dia vencendo os 100 metros livre. Completou a prova em 54s83, superando por pouco a também brasileira Manuella Lyrio , que garantiu mais uma dobradinha no alto do pódio. Menos de 10 minutos depois, ela voltaria à piscina para os 50 metros costas, prova da qual é vice-campeã mglobal Sentindo a fadiga natural, concluiu em segundo com 28s17, logo atrás da argentina Andrea Berrino. Ana Giulia Zortea ganhou o bronze. Ana Giulia Zortea é caçula da comissão.

Leonardo de Oliveira Neves, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meia, atualmente é técnico na Desportiva Ferroviária.

Enquanto isso, os adversários brilhavam. Julia Sebastian bateu o recorde sul-americano dos 200 metros peito: 2min27s03, acima do índice olímpico. Julia Sebastian é argentina da Unisanta, de Santos . Lembre também nos 1.500 metros, com o venezuelano Esteban Enderica, que nadou em 15min08s57. O Brasil não participou das provas de fundo do Sul-Americano.

No fechamento do competição, o Brasil ficou com a prata no 4×100 metros medley tanto no feminino quanto no masculino . Para os adversários, entretanto, o Sul-Americano servia como seletiva olímpica. Por isso, eles estavam todos no auge da maneira. Os brasileiros estão realizando preparação para o Maria Lenk e nadaram “pesados”. Alguns inclusive nadaram de barba para deixar claro que não estavam polidos. Com informações do Estadão Conteúdo.

No masculino, o triunfo foi para Brandonn Almeida, que chegou em 4min17s78. O Brasil ainda teve Icaro Ludgero em quarto, com 4min28s75. Brandonn já tem o índice para os 400 metros medley – 4min16s71.“Trabalhamos bastante a parte final da prova, que é meu ponto forte, e fizemos a estratégia de não deixar ninguém abrir bastante no início. O resultado foi ainda melhor do que esperávamos, mas é tudo fruto do nosso treinamento diário. Ainda estamos iniciando o polimento e hoje fiquei bem confiante e acredito que vão vir coisas boas para a gente, já no Maria Lenk. A sensação de subir ao pódio e escutar o hino é sensacional, não esquecerei”, disse após a conquista.O terceiro triunfo brasileiro veio na última prova da sexta, o revezamento 4x100m livre misto. Alan Vitória, Pedro Spajari, Manuella Lyrio e Gracielle Herrmann cravaram a marca de 3m30s98 e conquistaram a condecoração de ouro. <P.

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Brasil encerra o Sul-Americano de Natação com mais cinco medalhas
>>>>>Brasil fatura mais seis ouros no Sul-Americano de Natação – April 03, 2016
>>>>>>>>>Brasil ganha mais 3 ouros no segundo dia do Sul-Americano de Natação – April 01, 2016
>>>>>>>>>>>>>Brasil conquista 14 medalhas e lidera Sul-Americano de natação – March 31, 2016
>>>>>>>>>Time brasileiro leva mais três ouros e segue liderando o Sul-Americano – April 02, 2016
>>>>>>>>>>>>>Antes do Maria Lenk, brasileiros garantem mais três ouros no Sul-Americano – April 01, 2016
>>>>>>>>>>>>>>>>>Confederação Brasileira de Atletismo define veterana para Sul-Americano de maratona – March 28, 2016
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Confira jogos históricos entre Brasil x Paraguai – March 28, 2016
>>>>>>>>>Com pódio de nadadora de 15 anos, Brasil ganha mais 12 medalhas –

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1metros800NONE8 os 50 metros costas: 1, os 400 metros: 1, metros: 1, os 100 metros livre: 1, os 1.500 metros: 1, os 200 metros peito: 1, os 100 metros borboleta: 2
2O Brasil090PLACE5 O Brasil: 3, o Brasil: 2
3eu500NONE5 (tacit) eu: 5
4nós00NONE4 (tacit) nós: 4
5os brasileiros060NONE3 (tacit) eles/elas (referent: Os brasileiros): 2, eles: 1
6Brandonn00PERSON3 Brandonn_Almeida: 2, Brandonn: 1
7Julia Sebastian00PERSON3 (tacit) ele/ela (referent: Julia_Sebastian): 2, Julia_Sebastian (apposition: argentina de a Unisanta de Santos): 1
8prata00NONE3 a prata: 2, prata: 1
9índice00NONE3 índice olímpico: 1, o índice: 1, o índice olímpico: 1
10Leonardo de0160PERSON2 Leonardo_de_Deus: 2