"“Panama Papers”:David Cameron admite comunicação calamitosa"

“Panama Papers”:David Cameron admite comunicação calamitosa

Foto: Wikipedia – David Cameron officialLeer también: Reino Unido: Corbyn e Cameron juntos pelo SIM à UELeer también: Cameron sugere lei contra evasão fiscal durante discurso ao Parlamento Uma semana conturbada se termina para o primeiro-ministro britânico implicado no escândalo internacional “Panama Papers”. David Cameron, que “Não foi uma boa semana, admitiu hoje que podia […]

Foto: Wikipedia – David Cameron official

Uma semana conturbada se termina para o primeiro-ministro britânico implicado no escândalo internacional “Panama Papers”. David Cameron, que “Não foi uma boa semana, admitiu hoje que podia terdirigidoo melhor a crise desencadeada pela revelação do nome da sua família como detentora datoses ecompanhiasa offshore. Eu sei que teria que terr lidado melhor com isso, eu poderia ter feito de outraformaa,devo tirarar lições aprendereier. Não culpo o número 10 de Downing Street, ou os assessores. Eu sou o único responsável”.

Londres, 9 de outubro de 1966) é um político britânico, atual primeiro-ministro do reino juntado e líder do partido conservador.

Panama papers são um conjunto de 11,5 milhões de documentos confidenciais da autoria da sociedade de advogados panamenha mossack fonseca que fornecem informações detalhadas de mais de 214 000 companhias de paraísos fiscais offshore, incluindo as identidades dos acionistas e gerentes.

Até agora, não há indícios de que Cameron ou o pai tenham cometido algum crime, mas a oposição acusa-o de utilizar brechas legais para evitar o pagamento de impostos no país.

Após as revelações, no último domingo, o primeiro-ministrotardouu quatro dias a admitir que tinhtidodo acções offshore numcompanhiaesa com sede nas Bahamainstituídaada pelo seu pai, qfaleceureu em 2010.

Neste sábado, ele reiterou a promessa de publicar “em breve” as declarações de impostos dos últimos anos, um gesto inédito por parte de um primeiro-ministro na Grã-Bretanha.Em comunicado divulgado posteriormente, a salinha do premiê alegou que nem os filhos ou a mulher dele se beneficiaram do dinheiro que era gerenciar no exterior por Ian Cameron, morto em 2010. Primeiramente, a assessoria do líder britânico havia declarado que o tema era “privado”.

O líder conservador tinha assegurado, embora lamente um exercício de comunicação calamitosa que não havia nada de ilegal e sempre pagou os impostos.

David Cameron confirmou que lucrou com este fundo de investimento do pai, Ian Cameron, mas que pagou impostos no Reino Unido sobre os lucros que obteve com a venda dos atos:

Precisamente ao mesmo tempo e somente a dois quilómetros de distância, várias centenas de manifestantes reuniram-se na Downing Street para exigir a sua renúncia.

A poucos mais de dois meses do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, ” o primeiro-ministro perdeu a confiança dos britânicos”, defendeu ontem Jeremy Corbyn sem no entanto ter reclamado a sua demissão. Jeremy Corbyn é o líder da oposição trabalhista.

Quando se noticiara os Panama Papers os ” Panama Papers “, o nome do pai do chefe do executivo britânico, que morreu em 2010, foi um dos primeiros a ser divulgado. Com o Blairmore Investment Trust Ian Cameron, evitou pagar impostos no Reino Unido.

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>“Panama Papers”:David Cameron admite comunicação calamitosa
>>>>>Cameron adimte que teve ações de um fundo de investimento do pai nas Bahamas – April 08, 2016
>>>>>>>>>Pai do primeiro-ministro britânico é citado em caso de fraudes fiscais – April 04, 2016
>>>>>>>>>>>>>Dados vazados ligam líderes a suspeitas de fraudes fiscais –
>>>>>>>>>>>>>Fuga de informação revela estratégias de ricos e poderosos para esconderem fortunas –
>>>>>>>>>>>>>Panama Papers: vazamento de milhões de documentos revela paraísos fiscais de ricos e poderosos –
>>>>>>>>>Panamá: Cameron nega ter cometido irregularidades – April 05, 2016
>>>>>>>>>>>>>Panamá: Personalidades mundiais expostas em fuga de documentos sem precedentes – April 03, 2016
>>>>>Cameron admite falhas ao lidar com revelações dos ‘Panamá Papers’ –
>>>>>Cameron admite ter se beneficiado de offshore relevada no ‘Panama Papers’ –

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1David Cameron10076PERSON8 (tacit) ele/ela (referent: David_Cameron): 3, David_Cameron: 1, David_Cameron que: 1, (tacit) ele/ela (referent: David_Cameron que): 3
2eu1500NONE8 Eu: 2, eu: 1, (tacit) eu: 5
3o líder conservador3050NONE7 (tacit) ele/ela (referent: isso): 1, (tacit) ele/ela (referent: um conjunto de 11,5_milhões de documentos confidenciais de a autoria de a sociedade de advogados): 2, (tacit) ele/ela: 2, (tacit) ele/ela (referent: o único responsável): 1, (tacit) ele/ela (referent: o líder conservador): 1
4primeiro-ministro080NONE3 o primeiro-ministro: 2, o primeiro-ministro britânico implicado: 1
5Cameron Ian050PERSON3 o (referent: Cameron): 1, Ian_Cameron: 2
6impostos0160NONE2 impostos: 1, os impostos: 1
7o nome de o pai de o chefe de o executivo britânico00NONE2 O nome de o pai de o chefe de o executivo britânico: 2
8empresa00NONE2 uma empresa: 1, empresa: 1
9indícios00NONE2 indícios: 2
10lucros00NONE2 os lucros: 2