"Oficial deverá explicar à Corregedoria discurso sobre corrupção policial em Acari"

Oficial deverá explicar à Corregedoria discurso sobre corrupção policial em Acari

Foto: Wikipedia – Peppers dsc07818Leer también: Defesa Civil encontra corpos de irmãos sumidos após cobrar dívida, no RioLeer también: Operações da polícia em favelas com UPP têm tiroteio, morte, cinco presos e local de refino de cocaína encontrado quando assumiu a unidade, promotores que atuam na auditoria militar fizeram um requerimento na corregedoria da pm […]

Foto: Wikipedia – Peppers dsc07818

quando assumiu a unidade, promotores que atuam na auditoria militar fizeram um requerimento na corregedoria da pm para que o tenente-coronel jorge fernando pimenta se explique sobre o vídeo em que aparece falando que em dezembro do ano passado, “o grande problema em acari era a corrupção policial”. Pimenta é comandante do 41º bpm .A filmagem, obtida pelo EXTRA, foi feita durante uma reunião comunitária dentro do regimento, na última terça-feira.

A reunião ocorreu na última terça feira e durou três horas. Ela foi mediada pela vereadora Rosa Fernandes e pelo deputado estadual Pedro Fernandes e reuniu cerca de cem pessoas, entre lideranças comunitárias, comerciantes habitanteses da área.Numa reunião comunitária dentro do 41º BPM , o comandante da unidade, tenente-coronel Jorge Fernando Pimenta, mencionou a existência de um esquema de pagamento de propina entre PMs do regimento e traficantes da comunidade de Acari, na Zona Norte do Rio. Quando assumiu o regimento, em vídeo do encontro obtido com exclusividade pelo EXTRA, o oficial alega que em dezembro do ano passado, o “grande problema em Acari era a corrupção policial”.

Pimenta é o nome habitual concedido a várias plantas, seus frutos e especiarias delas obtidos, de sabor comumente picante.

O MP deseja saber se o oficial teve acesso a alguma notícias sobre pagamento de propina de traficantes a policiais do regimento e algum procedimento foi abrido para investigar a acusação. “Eu tenho Acari, que quando eu cheguei era corrupção policial. Lá era tido como companhia, eles não roubam veículos, não roubam carga. Então, deixa o Acari. Eu achei insólita essa argumentação, que não foi feita pelo Marcos Netto. Minha percepção era que alguma coisa havia de errado”, alega o oficial.

Procurado, Pimenta afirmou que mencionou Acari “de maneira genérica” e que, nos três meses em que está no comando da unidade não detectou “nenhum caso de desvio de comportamento” no regimento.

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Oficial deverá explicar à Corregedoria discurso sobre corrupção policial em Acari
>>>>>Em vídeo, oficial indica pagamento de propina a PMs em Acari: ‘Grande problema, quando cheguei, era a corrupção policial’ – March 17, 2016

Entidades mais citadas e sua valorização na notíca:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1percepção era00NONE6 (tacit) ele/ela (referent: percepção era): 1, (tacit) ele/ela (referent: A reunião): 2, (tacit) ela (referent: essa argumentação): 1, (tacit) ele/ela: 1, Ela (referent: A reunião): 1
2eu060NONE4 Eu: 2, eu: 1, (tacit) eu: 1
3batalhão00NONE4 batalhão: 1, o batalhão: 3
4pimenta00PERSON4 pimenta: 1, (tacit) ele/ela (referent: pimenta): 2, pimenta (apposition: comandante de o 41º bpm): 1
5oficial600NONE3 o oficial: 3
6Acari00PERSON3 Acari: 3
7reunião00NONE3 uma reunião comunitária: 2, A reunião: 1
8percepção0180NONE2 percepção era: 2
9problema100160NONE2 o grande problema: 1, grande problema: 1