"Mortes: Um jornalista que gostava de recitar poesia"

Mortes: Um jornalista que gostava de recitar poesia

Foto: Wikipedia – Cacador Esmeraldas CN 0850Leer también: Filha de aposentado morto em Niterói deseja auxiliar a achar Polyanna, de 10 anosLeer también: Desconfiança inquisidora rebaixa ganhos de ‘Os Dez Mandamentos’ Sem a TV, que ainda não tinha chegado ao país, Jubayr Ubiratan Bispo aumentou com a família reunida ao redor da poesia. Sua mãe […]

CacadorEsmeraldasCN0850.jpg

Foto: Wikipedia – Cacador Esmeraldas CN 0850

Sem a TV, que ainda não tinha chegado ao país, Jubayr Ubiratan Bispo aumentou com a família reunida ao redor da poesia. Sua mãe coordenava saraus em casa, em Monte Alto , e todos se revezavam na hora de recitar-las.

Talento de casa, não via os afazeres domésticos como um dever -gostava deles. Quando passou a ter assistência de empregados, mesmo preferia fazer ela mesma a lavagem das roupas, a arrumação da casa. Dos filhos, exigia o estudo. Tinha orgulho dos três terem feito faculdade.

Os anos se passaram, a TV chegou, mas Jubayr conservou a paixão pela poesia. Os filhos deitavam em sua cama para escutei-lomencionarr trechos de Castro Alves, Augusto dos Anjos, Olavo Bilac. “‘O Caçador de Esmeraldas’ é uma obra imensa, e ele recitava de maneira linda”, recorda a filha Márcia.

O Caçador de Esmeraldas é um filme brasileiro de 1979 conduzido por Oswaldo de Oliveira .

Profissionalmente, ele utilizava os vocábulos de outro maneira: na imprensa. Iniciou na década de 1960, em uma revista de aviação. Teve depois uma gráfica e um jornal semanal, até adquiri, em 1986, o “Diário de Ribeirão Preto”.

Toda a sua jornada foi acompanhada pela mulher, Vilma. Quando se convidou ele para compor uma mesa de carteado em a casa de a mãe de ela, os dois se conheceram. Casaram-se, tiveram três filhos e ficaram juntos por 54 anos.

A cada novo negócio, repetia que devia ter estudado administração, mas acabou se decidindo pelo direito. Fez o curso nos anos 1970, compatibilizando com trabalho e família, e emendou logo o curso de imprensa. Na casa dos 50, era um dos mais velhos da turma, mas gostava de estudar e não conseguia ficar parado.

Era conhecida pelos bordados e costuras, além do talharim que servia à família aos domingos. O prato era sempre acompanhado por frango ou pelo bife feito na sua panela de ferro.

Era impulsivo e tinha gênio forte, mas conservava o bom humor. Acumulava amigos e inspirava as pessoas. Seus netos, por exemplo, fizeram direito e imprensa.

Faleceu dia 7, aos 86, devido a uma hidrocefalia. Deixa a mulher, dois irmãos, duas filhas, quatro netos e amigos.

Pilar.obituario@grupofolha.com.br

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mortes: Um jornalista que gostava de recitar poesia
>>>>>Mortes: Metódica dona de casa que queria ser professora – April 16, 2016
>>>>>>>>>Mortes: Uma dona de casa com coração corintiano – April 12, 2016
>>>>>>>>>>>>>Mortes: Advogado de opinião, ganhou fama de bravo – April 09, 2016
>>>>>>>>>Mortes: Simples e religioso, adorava ensinar – April 13, 2016
>>>>>>>>>Mortes: Padre, desbravou florestas para ajudar fiéis – April 14, 2016

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1eu2300NONE8 (tacit) eu: 8
2O Caçador_de_Esmeraldas400OTHER6 (tacit) ele/ela (referent: O Caçador_de_Esmeraldas): 2, O Caçador_de_Esmeraldas: 2, ele (referent: O Caçador_de_Esmeraldas): 2
3Jubayr00PERSON3 Jubayr_Ubiratan_Bispo: 1, o (referent: Jubayr): 1, Jubayr: 1
4família00NONE3 a família reunida: 1, a família: 1, família: 1
5era conhecida por os bordados e costuras além_do talharim00NONE2 Era conhecida por os bordados e costuras além_do talharim: 2
6anos00NONE2 os anos: 1, Os anos: 1
7casa00NONE2 casa: 1, a casa: 1
8filhos00NONE2 os filhos: 1, Os filhos: 1
9era impulsivo e080NONE1 Era impulsivo e: 1
10a turma025NONE1 a turma: 1