"Justiça dos EUA autoriza Google a conservar projeto de biblioteca digital"

Justiça dos EUA autoriza Google a conservar projeto de biblioteca digital

Foto: Wikipedia – GooglelogoiLeer también: Pai de Naldo dá duro fabricando lajes e dispara: ‘Negaria que ele é meu filho’Leer también: Líder do AC/DC declara estar ‘arrasado’ com perda de audição, mas descarta aposentadoria O projeto de criação de uma gigantesca biblioteca digital do Google ultrapassou sua última dificuldade nesta segunda-feira , com a resolução […]

Googlelogoi.png

Foto: Wikipedia – Googlelogoi

O projeto de criação de uma gigantesca biblioteca digital do Google ultrapassou sua última dificuldade nesta segunda-feira , com a resolução oposta da Suprema Corte estadunidense a um recurso que afirmava violação de direitos autorais. O tribunal negou o questionamento da Associação de Autores dos EUA, que a instituição pedia a anulação de uma sentença dada em 2013 sobre o caso, que autoriza o Google a prosseguir com o projeto, que considera a digitalização de milhões de títulos pela companhia uma “violação de direitos autorais em uma escala Heróica”.

Google Inc. é uma companhia multinacional de serviços online e programa dos Estados Unidos.

A briga entre a gigante da internet e os escritores, que declaram não receber royalties pela digitalização das obras, já dura mais de uma década. Em 2005, a Associação de Autores entrou com o primeiro pedido na Justiça para barrar a empresa.

Dentro da enormidade da internet, ele escolhe os links mais pertinentes para aquilo que você buscou. Assim, a possibilidade de encontrar o que procura é maior.

Associação nacional de autores, compositores, intérpretes e músicos ou anacim é uma instituição brasileira que faz o exercício e a defesa aos direitos autorais do brasil.

O Google tem uma plataforma de pesquisa de livros, com trechos de mais de 20 milhões de títulos disponíveis.

Quando, entre os resultados, aparecia uma notícia crítica no top 4, o conseqüência era ainda mais intenso, porque os voluntários tinham uma sensação ainda maior de que a pesquisa estava sendo neutra e isenta.

Na resolução, a Suprema Corte argumentou que a ferramenta oferece uma “utilização justa” das livros, de acordo com a lei de direitos autorais dos EUA.

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, Brazil

Cities: Americana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Justiça dos EUA autoriza Google a conservar projeto de biblioteca digital
>>>>>Algoritmo do Google pode estar decidindo em quem você vota –

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1Google00ORGANIZATION5 o Google: 2, Google_Inc.: 1, O Google: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Google): 1
2instituição00NONE3 a instituição: 1, uma instituição brasileira: 2
3A briga entre a gigante de a internet e os escritores não receber royalties por a digitalização de as obras já dura mais de uma década0240PERSON2 A briga entre a gigante de a internet e os escritores não receber royalties por a digitalização de as obras já dura mais de uma década: 2
4efeito300NONE2 o efeito era ainda mais intenso: 2
5aquilo00NONE2 aquilo: 2
6caso00NONE2 o caso: 2
7recurso00NONE2 um recurso: 2
8seu último obstáculo0100NONE1 seu último obstáculo: 1
9prosseguir com o projeto violação de direitos autorais em uma escala épica17080NONE1 prosseguir com o projeto violação de direitos autorais em uma escala épica: 1
10violação de direitos autorais8080NONE1 violação de direitos autorais: 1