"Cega recupera a visão após bater a cabeça"

Cega recupera a visão após bater a cabeça

Lisa Reed tinha 24 anos quando bateu a cabeça ao abaixar para dar um beijo em sua cachorra Ami, quando levantou do choque a neozelandesa sabia que não era mais cega.

Lisa Reed não era mais cega apos 13 anos na escuridão.
Lisa Reed a neozelandesa que bateu a cabeça e saiu da escuridão. (Foto: Twitter).

Quando era apenas uma menina, diagnosticaram a neozelandesa com um tumor cerebral o qual pressionava seu nervo óptico. Depois de algumas dificuldades, e muito anos se passaram até Lisa perder a visão completamente e ficar cega.

Lisa Reed se habituou a viver no escuro e com a ajuda de um cão guia e um bastão ela começou a viver novamente de uma forma diferente, e assim por 13 anos.

No dia 15 de novembro de 2000, sua rotina a levou a buscar sua cachorra Ami, para desejar boa noite. Encontrando o animal embaixo da cama. Lisa Reed abaixou para dar-lhe um beijo e bateu a cabeça com muita forca a qual a fez ir para a cama imediatamente a procura de retirar o incomodo.

No dia seguinte, Lisa Reed ao acordar pela manhã se havia dado conta que estava com a visão parcialmente recuperada e poderia voltar a enxergar.

Ninguém até hoje consegue explicar o que passou com a mulher que diz estar muito feliz e que uma pessoa com a visão perfeita não sabe o que significa ficar sem ver o fantástico que é ver o mundo novamente.

A Fundação para Cegos de Nova Zelândia promove a semana da Cegueira do dia 29 de outubro a 3 de novembro, difundindo o caso da colaboradora especial Lisa Reed como exemplo de superação em seus dias na escuridão.