"Amiga da família de menina morta no Morro dos Macacos, após prisão de suspeito declara: ‘É um alívio’"

Amiga da família de menina morta no Morro dos Macacos, após prisão de suspeito declara: ‘É um alívio’

O suspeito de matar e torturar a menina Ana Beatriz Andrade, de 14 anos, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, foi preso, na madrugada desta terça-feira, pela Divisão de Homicídios da Capital , num inquérito coordenado pela delegada Marcela Ortiz. Se indiciou Gutemberg Rodrigues Minas, de 19 anos, por os […]

O suspeito de matar e torturar a menina Ana Beatriz Andrade, de 14 anos, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, foi preso, na madrugada desta terça-feira, pela Divisão de Homicídios da Capital , num inquérito coordenado pela delegada Marcela Ortiz. Se indiciou Gutemberg Rodrigues Minas, de 19 anos, por os crimes de estupro eassassinatoo triplamente qualificado — por a asfixia, para garantir impunidade de o estupro e por o feminicídio.

Uma amiga da família e assistente social de um projeto em que Ana Beatriz participava até o ano passado — o Morada da Esperança, no Grajaú, de suporte sócio-educativo e escolar, para meninas de 4 a 13 anos —, Lane Santos declara estar acalmada com a prisão do culpado pelo crime:

— Ela era uma mãe bastante zelosa e só aceitava trabalhos onde pudesse levar a filha com ela — contou a amiga

— Apesar da grande amargura, é um alívio saber que o criminoso que fez isso foi preso — declara Lane, que não conhecia o suspeito.

Se encontrou a adolescente morta em a própria casa, em o último sábado, por volta das 13h30. Soraya Silva Oliveira, de 45 contou que Ana Beatriz Andrade estava com as mãos e os pés amarrados e amordaçada. Soraya Silva Oliveira, de 45 é a mãe da vítima. A menina chegou a ser ajudada para o Hospital federal do Andaraí, também na Zona Norte, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda que não tinha tradição de deixar a filha sozinha, ela contou. A menina estudava de manhã numa escola particular do bairro, onde cursava o 8º ano do ensino fundamental e à tarde ia para o trabalho da mãe, para não ficar sozinha em casa. A mãe,que estudava a noite, também levava a filha com ela para a escola. Ana Beatriz era filha única. A adolescente estava esperando ser convidada para o programa Jovem Aprendiz, para poder auxiliar a mãe.

Uma testemunha chegou a declarar que na Polícia Civil que o pai da menina tinha sido visto na comunidade no dia da morte O pai da menina é um cabeleireiro que trabalha na Tijuca. e que era pouco habitual que ele frequentasse a região. Na DH, o homem ofereceu seu material genético para comprovar que não esteve na cena do crime.

Sentiment score: NEGATIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Amiga da família de menina morta no Morro dos Macacos, após prisão de suspeito declara: ‘É um alívio’
>>>>>Adolescente morta no Morro dos Macacos tinha sonho de morar na Inglaterra – April 18, 2016
>>>>>>>>>Adolescente morre após ser encontrada com sinais de tortura em favela do Rio – April 17, 2016
>>>>>>>>>>>>>Policial é baleado no Morro do Turano, na Zona Norte do Rio – April 13, 2016
>>>>>>>>>>>>>Chefe de Polícia Civil admite que favela onde mulheres foram baleadas dentro de viatura da PM ‘tem problemas’ –
>>>>>>>>>>>>>Vítimas de assalto são baleadas no carro da polícia na zona norte do Rio –

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

IdEntityPositiveNegativeNamed-EntityTotal occurrencesOccurrences (appearances)
1mãe050NONE4 a mãe: 1, uma mãe muito zelosa: 1, A mãe: 2
2a menina020NONE4 ela (referent: A menina): 1, Ela (referent: A menina): 1, (tacit) ele/ela (referent: A menina): 2
3Ana Beatriz Andrade00PERSON3 Ana_Beatriz_Andrade: 1, Ana_Beatriz era filha única: 1, Ana_Beatriz: 1
4Lane Santos00PERSON3 Lane: 2, Lane_Santos: 1
5criminoso0320NONE2 o criminoso: 2
6preso0160NONE2 preso: 2
7Uma amiga de a família e assistente social de um projeto o Morada_da_Esperança em o Grajaú de apoio sócio-educativo e escolar para meninas de 4 a 13 anos1600PLACE2 Uma amiga de a família e assistente social de um projeto o Morada_da_Esperança em o Grajaú de apoio sócio-educativo e escolar para meninas de 4 a 13 anos: 2
8adolescente00NONE2 A adolescente: 2
9anos00NONE2 19 anos: 1, 14 anos: 1
10eu00NONE2 (tacit) eu: 2